Aílton lamenta atuação conra o Bangu: “perdemos muitos gols”

Aílton Ferraz, do Resende (foto: Divulgação)

Aílton Ferraz, do Resende (foto: Divulgação)

Treinador admite, após empate, que proximidade do Z-2 incomoda bastante o Resende

Redação FutRio
Postado às 17:34 de 28/02/2014
Campeonato Carioca

Segue a preocupação do Resende com o rebaixamento. Na quarta (26), o Gigante do Vale empatou por 2 a 2 com o Bangu no Estádio do Trabalhador e ficou apenas um ponto a frente do Duque de Caxias, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O técnico Ailton falou sobre a partida e lamentou as chances de gols desperdiçadas.

– O resultado contra o Bangu não foi bom. Dentro do nosso objetivo, era uma decisão para a gente. Nos comportamos muito bem, saímos na frente, mas perdemos muitos gols. Na primeira vez que eles foram ao ataque, empataram. Fizemos 2 a 1, mas eles voltaram a empatar. Criamos bastante, fizemos os gols, mas o empate foi muito ruim – ressaltou o treinador.

Ailton admitiu que os jogadores estão sentindo muito o lado emocional, ressaltou que o favoritismo que foi colocado sobre o Resende vem atrapalhando, mas mostrou confiança na recuperação da equipe na tabela de classificação.

– Estamos trabalhando bastante a parte psicológica. Isso é o que está mais afetado. Ninguém imaginava de o Resende estar na parte de baixo da tabela. O primeiro objetivo de um clube pequeno no Carioca é não ser rebaixado, mas como o clube vinha fazendo bons campeonatos, o pensamento foi na parte de cima da tabela. O time muitas vezes jogou bonito, não se preservou em contra ataques e o resultado acabou não sendo o esperado. Clube grande joga de maneira bonita e isso nem sempre acontece. O Flamengo começou o jogo contra a gente jogando todo no campo de defesa. Estamos trabalhando para conseguir reverter essa situação – explicou.